HR Tech: entenda a transformação digital no RH

Posted on by .
Por Adrielly Marcelino

hr tech

Você sabe o que é uma HR Tech?

HR tech ou RH Tech são denominações para empresas que oferecem soluções tecnológicas em Recursos Humanos.

 

Os produtos oferecidos por essas empresas, que são em maioria startups, auxiliam profissionais de RH nas mais variadas competências do setor, a fim de proporcionar praticidade desde o processo seletivo para contratação de novos funcionários ao processo de turnover.

 

Muitos serviços inovadores são ofertados por HR Tech brasileiras. Mas independentemente da origem, todas empresas compartilham um objetivo em comum: revolucionar a Gestão de Recursos Humanos através da transformação digital.

 

HR Tech ou RH Tech? Os dois.

HR Tech trata-se da abreviação do inglês Human Resources Technology, analogamente, RH Tech é uma abreviação de Recursos Humanos Tecnológico. Os dois significam a mesma coisa, todavia em idiomas diferentes. 

 

Tecnologia em recursos humanos

 

Por que inovar na gestão de pessoas? 

De acordo com Idalberto Chiavenato, especialista em Recursos Humanos e Administração, a Gestão de Pessoas é um conjunto integrado de atividades de especialistas e gestores que buscam agregar, aplicar, recompensar, desenvolver, reter e avaliar pessoas com objetivo de proporcionar competências e competitividade à organização

 

A partir dessa definição, você pode ver que a Gestão de Pessoas influencia o desempenho e a continuidade de uma organização. Toda equipe de Gestão de Pessoas possui desafios para otimizar a produtividade da instituição e a qualidade de vida no trabalho dos colaboradores.

 

As demandas mais frequentes por soluções são: engajamento dos funcionários, treinamento e capacitação, gestão de benefícios, auxílio para alcançar metas de produtividade, cultura organizacional e retenção de talentos.  

 

Todos desafios da Gestão de Pessoas citados afetam diretamente o posicionamento de mercado da companhia, e respectivamente seus rendimentos. Portanto, é fundamental que as lideranças reconheçam a importância do setor e concentrem esforços em suas demandas.

 

Áreas de Solução

 

Em 2018 a aceleradora corporativa Liga Ventures produziu um amplo estudo sobre o ecossistema HR Tech brasileiro. Com base neste conteúdo, iremos contextualizar para você os principais problemas enfrentados em Gestão de Pessoas e as soluções tecnológicas disponíveis para endereçar tais dores e dinamizar os processos internos.

 

Saude e recursos humanosSaúde Ocupacional e Bem-Estar

Hoje a imagem das empresas é consolidada na internet. A plataforma Love Mondays (hoje Glassdoor) exibe avaliações de ambientes de trabalho que geram grande visibilidade e prêmios para as companhias bem avaliadas. Vale destacar que a primeira característica levantada é a qualidade de vida

Promover saúde no trabalho é contribuir para que os colaboradores obtenham qualidade de vida dentro e fora da empresa a longo prazo. Além disso, os trabalhadores saudáveis são mais engajados e as empresas que cuidam da saúde dos funcionários possuem índices menores de faltas por doença. Respectivamente gastos com remédios e idas ao médico são reduzidos. 

Os aplicativos mobile desenvolvidos por HR Tech trouxeram novas soluções para saúde e bem estar. Uma plataforma que conecta profissionais de psicologia com pacientes para sessões de terapia online torna mais prático cuidar da saúde mental. 

A psicologia não é o único alvo de inovação, também é possível oferecer aos colaboradores um nutricionista via smartphone ou um app mobile de saúde colaborativa que auxiliará cuidados com sono, atividades físicas e stress. Nos Estados Unidos, a Optum realizou o 9º Estudo Anual de Bem-Estar no Local de Trabalho (2018). 535 profissionais envolvidos em ações engajamento e saúde corporativa participaram do report. Através da tecnologia mobile, os empregadores estão revendo suas estratégias de engajamento e melhorias da saúde no trabalho.

 

Gráfico tecnologia em recurso humanos

 

Engajamento no trabalho e tecnologia

Engajamento de colaboradores

Um funcionário engajado torna-se mais feliz e com  maior disposição, contribuindo positivamente para o clima organizacional e qualidade de vida do trabalhador. Por conseguinte, apresenta maior produtividade e maior probabilidade de permanecer na empresa.

Infelizmente o índice de engajamento levantado pelo ADP Research Institute em 2018 revela que somente 16% dos trabalhadores de todo mundo são engajados. Tratando-se de brasileiros os números são ainda mais preocupantes: só 14% dos brasileiros afirmam ser profissionais engajados. As estatísticas também refletem a crise do trabalho no Brasil. Em 2015 o índice de engajamento no trabalho era 18%, evidenciando uma queda de 2%

Os dados mostram a necessidade de investimentos e avanços. Um método de sucesso para aumentar o engajamento no trabalho é através de melhorias no clima organizacional e na Comunicação Interna. 

Fortaleça seus canais de comunicação para aproximar-se dos colaboradores e compreender suas demandas. A  TV Corporativa e o app mobile corporativo por exemplo, são canais que capturam a atenção do público e comunicam alinhados às tendências tecnológicas do dias atuais, proporcionando a agilidade necessária por empresas comitantemente à praticidade desejada por colaboradores.

 

gestão de benefícios Gestão de Benefícios

Para reduzir o uso de papel e organizar sua empresa de forma inteligente, foram criadas as plataforma de Gestão do Departamento Pessoal. Estes softwares auxiliam as atividades rotineiras do RH, como a gestão de dados dos colaboradores, holerits, controle de férias e emissão de documentos. Todos processos são automatizados – com exceção aos que exigem assinatura ou permissão do gestor.

Muitas plataformas contam com a programação de lembretes importantes,  como por exemplo a entrada ou saída de férias de cada funcionário.

O processo de admissão de novos colaboradores torna-se mais dinâmico. Ao invés do recém-contratado ir até a empresa levar uma pilha de documentos admissionais, ele pode apenas digitalizar e incluir os documentos e dados na plataforma. A compilação digital de documentos reduz custos com armazenagem e proporciona organização ao escritório. O pesadelo de localizar documentos de funcionários desligados acabou. 

Vale destacar que documentos com assinatura digital possuem o mesmo valor jurídico que os documentos emitidos manualmente pelas empresas.

Além disso, para reduzir a burocracia e custos gerados na contratação de novos funcionários, o governo brasileiro atribuiu à Carteira de Trabalho Digital o mesmo valor que a Carteira de Trabalho (CTPS) impressa. Empresas com eSocial precisam apenas do Cadastro de Pessoas Físicas – CPF para admitir novos colaboradores. O app está disponível para Andoid e IOS.

 

hr techAprendizagem e Gestão do Conhecimento

A educação à distância não surgiu com a internet. De acordo com Barros (2003), os primeiros indícios da educação à distância foram no século XVIII, quando um jornal divulgou um curso via correspondência ofertado por uma instituição de Boston (EUA).

Gradativamente a educação à distância foi difundida pelo mundo, e o acesso à internet popularizou e facilitou a modalidade de ensino. Segundo o Censo da Educação Superior realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o ensino presencial brasileiro mostrou queda nas matrículas enquanto a EAD registrou um crescimento de 17,6% de 2016 para 2017. Os alunos dessa modalidade são quase 1,8 milhão, ou 21,2% do total de matriculados em todo o Ensino Superior. 

E o que as HR Tech têm a ver com a educação à distância? A resposta é T-U-D-O. A inovação tecnológica exige que os trabalhadores obtenham qualificação e treinamento; e este processo está intrinsecamente relacionado ao processo de inovação nas empresas

As corporações sabem disso e investem cada vez mais em educação à distância, assim como emergiu um forte mercado de startups que oferecem plataformas modernas e intuitivas para os alunos.

Outra pauta importante para atentar-se é a Gestão do Conhecimento. Para exemplificar os impactos da gestão de dados e conteúdo na produtividade, tomaremos como exemplo um estudo acerca da produtividade dos representantes de vendas. Segundo 84% dos entrevistados, busca por conteúdo e utilização são apontadas como as principais responsáveis pela produtividade das vendas. Todavia somente 35% dos líderes de vendas concentram esforços em resolver o problema. Um Playbook de Vendas compilaria todas informações da empresa e conhecimento agregado pela companhia.

O conhecimento do colaborador para desempenhar suas tarefas deve crescer comitantemente ao conhecimento sobre as atividades desempenhadas pela empresa. De nada adianta você capacitar seus colaboradores se eles possuem dificuldade em localizar dados e informações vitais para tarefas cotidianas.

 

entrevista hr techRecrutamento e seleção

Ainda há quem encontre novos funcionários por meio de currículos impressos, todavia, as plataformas de candidatos para recrutamento e seleção tornam-se cada vez mais frequentes na rotina dos gestores de pequenas e grandes empresas. Segundo um levantamento realizado pela Catho em 2015, 65,7% dos trabalhadores utilizam plataformas online como principal meio para buscar novas oportunidades profissionais – aumento de 9,4% se comparado com o ano anterior.

Softwares com aplicação de Inteligência Artificial selecionam currículos de acordo com as competências exigidas pelo recrutador, assim o RH economiza tempo ao invés de analisar candidaturas desconexas com a vaga. Há também plataformas com interface e linguagem direcionada ao candidato das oportunidades profissionais oferecidas, o que eleva as chances de encontrar o candidato ideal. 

Outra solução digital que ganhou destaque são as Application Programming Interface – API (Interface de Programação de Aplicação). A tecnologia permite cadastrar candidatos por meio do compartilhamento de dados da rede social ou e-mail, podendo até duplicar a quantidade de inscritos por conta da praticidade oferecida.

 

relógio e livros

 

 

Confira outras matérias sobre Recursos Humanos na era digital:

 

 

Aplicativo para Comunicação Interna

Share Button

Comunicação Não Violenta: a chave para melhorar relacionamentos profissionais e pessoais

Posted on by .
Por Adrielly Marcelino

Comunicação Não Violenta

Em uma sociedade repleta de conflitos, a comunicação é um dos meios mais hábeis para alcançar a conciliação. Por esse motivo, o psicólogo Marshall B. Rosenberg desenvolveu um método denominado Comunicação Não Violenta, com o propósito de construir relacionamentos interpessoais baseados em respeito mútuo, compaixão e cooperação.


Marshall aplicou o modelo de Comunicação Não Violenta em programas de pacificação de diversos países, como por exemplo: Ruanda, Nigéria, Sri Lanka, Sérvia, Croácia e Israel. Ele também aplicou sua metodologia em ambientes escolares, familiares e corporativos. 

 

Neste artigo iremos nos referir à Comunicação Não Violenta pela abreviatura CNV.

 

  1. O que é Comunicação Não Violenta?
  2. Contextualização da violência em ambientes corporativos no Brasil 
  3. Líderes e a Comunicação Não Violenta 
  4. Fundamentos da Comunicação Não Violenta
  5. Observar sem avaliar 
  6. Identificando e expressando sentimentos 
  7. Pedidos objetivos para soluções ágeis 
  8. O poder da empatia

Read more

Share Button

Engajamento no trabalho: como motivar sua equipe

Posted on by .
engajamento

Funcionários motivados e retenção de talentos: esse é o maior sonho dos gestores de RH

Como está o engajamento no trabalho mundialmente?

O ADP Research Institute realizou uma pesquisa em 2018 com mais de 19.000 trabalhadores em todo o mundo para medir seus níveis de engajamento. Foi constatado que somente 16% dos participantes podem ser considerados como funcionários engajados. Isso mostra que há muito espaço para melhorias. Investir em benefícios para colaboradores, plano de carreira, Comunicação Interna e clima organizacional são maneiras efetivas para tentar converter esses 84% em indivíduos engajados no trabalho. A promoção do engajamento dos colaboradores é importante porque está diretamente relacionada à produtividade no trabalho e, por consequência, aos resultados da empresa. 

Read more

Share Button

Por que a Comunicação Interna está no centro da transformação digital?

Posted on by .
Por Adrielly Marcelino | Fotos @officesnapshots

Transformação digital

 

Quando falamos sobre transformação digital no ambiente de trabalho, com frequência focamos nos aspectos técnicos: cadeia logística (do inglês supply chain), inteligência artificial, produto, serviço e diversas maneiras de ganhar eficiência a partir de novas tecnologias.

 

Neste cenário, muitos líderes parecem esquecer quem são os agentes e também os mais impactados pela transformação digital: sim, o público interno. Quando a experiência do funcionário no trabalho não faz parte da jornada dessa transformação, toda a iniciativa está em risco.

 

A Comunicação Interna está no centro dessa transformação, entenda o porquê:

 

Read more

Share Button

Saiba tudo sobre Comunicação Organizacional: o que é, estratégias, desafios e mais

Posted on by .
Por Adrielly Marcelino

A Comunicação Organizacional possui grande importância para o desenvolvimento e a sobrevivência de uma organização, além de ser um fator decisivo para agregar ou desagregar valor à corporação. Mas você sabe claramente o que é a Comunicação Organizacional?

 

Você verá neste artigo:

1. O que é Comunicação Organizacional?

2. História das Relações Públicas e da Comunicação Organizacional

3. Tipos de Comunicação Organizacional

4. Funções da Comunicação Organizacional

5. Comunicação Organizacional agregando valor à instituição

6. Estratégias de Comunicação Organizacional

7. Desafios da Comunicação Organizacional

 

Read more

Share Button

Por que as empresas deveriam apoiar seus colaboradores na criação dos filhos

Posted on by .
Por David Moisés

Não pense no Great Place to Work.  Sim, eles vão premiar empresas brasileiras que têm boas políticas para colaboradores com filhos pequenos. Mas pense agora somente nos ganhos de operação e de negócios que uma companhia tem ao dar apoio a mães e pais nos cuidados com suas crianças.

 

Mesmo que você seja um “startupeiro” cercado de Millennials, sabe que a força da natureza logo vai chamá-los aos prazeres e deveres da parentalidade. Então aqueles temas de ambiente de trabalho e de equilíbrio entre vida pessoal e profissional ganham complexidade.

Read more

Share Button

Livros de Comunicação Interna: profissionais indicam suas obras favoritas

Posted on by .
Livros de comunicação interna

Deseja se tornar um profissional diferenciado? Aposte nestes livros.

Por Adrielly Marcelino

Livros são uma ótima maneira de relaxar e estimular a imaginação, além disso, são fundamentais para se aperfeiçoar em determinado tema. Através da indicação de diversos especialistas, conheça estes livros de Comunicação Interna indispensáveis para um profissional da área.

Read more

Share Button

Quando a Intranet não é suficiente: analisando os canais de Comunicação Interna

Posted on by .
Intranet

Qual é a real importância da Intranet?

Por Adrielly Marcelino

Conversando com diversos profissionais de Comunicação Interna, pude concluir que um desejo recorrente da maioria deles é ter canais de comunicação eficientes para reforçar a comunicação com seu público interno.

A necessidade das organizações de engajar seus funcionários não é uma surpresa. Pesquisas continuam provando que empresas com trabalhadores engajados possuem maior rentabilidade, maior produtividade, menos acidentes e maior índice de retenção de empregados. Read more

Share Button

Gestão à vista: o que é, como fazer e porque investir

Posted on by .
Gestão a vista

Quadro de Gestão à vista online (site Klipfolio)

Quando se fala em gestão de uma empresa ou equipe, uma enormidade de dados estão disponíveis. São números tanto relacionados ao desempenho (vendas, faturamento e participação de mercado) quanto a indicadores internos de gestão de pessoas (absenteísmo, clima organizacional e até quantidade de acidentes de trabalho).

Em meio a tantos dados, é fácil se perder sobre o que é realmente importante compartilhar ou até mesmo correr o risco de não ser transparente com o público interno. Para auxiliar nesta questão, uma prática de comunicação bastante relevante é a gestão à vista.

 

Neste guia você verá:

1. O que é Gestão à vista?
2. A forma vale tanto quanto o conteúdo
3. Foco do projeto
4. Integração e engajamento: todos na mesma página
5. Boas práticas de Gestão à Vista
6. Mão na massa
7. Software para projetos de Gestão à vista


Read more

Share Button

Transparência Corporativa: a cultura da sua empresa é transparente ou um código secreto?

Posted on by .

Imagem: @ Trend Watching | Transparência Corporativa
Por Dado Carvalho

Na era da transparência, você prefere que sua empresa seja uma caixa preta ou uma caixa de vidro?

Até um dia desses, a cultura da maior parte das empresas eram caixas-pretas: um sistema quase inviolável, sobre o qual pouco se sabia e, principalmente, quase impossível de ser visto por fora.

Estamos falando de companhias de uma época pré-internet, sem smartphones, redes sociais e todos esses elementos que tornam a vida moderna irresistível – e, vamos confessar, mais caótica e compulsiva.

Acontece que o mundo mudou radicalmente, e uma série de empresas não percebeu o quanto isso pode afetá-las pelo caminho menos esperado: o de dentro para fora.

Read more

Share Button